Google Drive vai começar a apagar ficheiros automaticamente

Google Drive lixeira

Os ficheiros que apagas do Google Drive à semelhança do que acontece no teu computador, não são eliminados definitivamente. Em vez disso, são enviados para a “lixeira”, onde ficarão disponíveis até que esvazies a mesma.

No entanto, a forma como a lixeira do Google Drive funciona vai mudar em breve. Tal como já fizeram com o Google Fotos e Gmail, também no Google Drive os ficheiros passarão a ser eliminados definitivamente passados 30 dias.

Ficheiros na lixeira do Google Drive serão excluídos para sempre

Certamente que já passaste pela situação de eliminar algo por engano e apenas reparaste passado algum tempo. Nessas situações, é sempre um alívio voltar a encontrar os ditos ficheiros “perdidos” na lixeira.

Google Drive will soon delete files in trash after 30 days - SlashGear

A partir do dia 13 de outubro vais precisar de começar a ter mais atenção nos ficheiros que apagas no Google Drive. A partir desse dia, o tempo de vida dos ficheiros na lixeira será de apenas 30 dias, sendo apagados de forma automática após esse tempo.

No entanto, para facilitar a transição e implementação da nova funcionalidade, a Google informou que pelo menos durante a fase inicial, os utilizadores irão receber notificações antes dos ficheiros serem eliminados.

Espaço grátis limitado poderá deixar de ser problema

A menos que tenhas optado por investir num pagamento mensal/anual para ter acesso a armazenamento adicional na tua conta Google, está limitado a um total de 15GB.

Ainda que 15GB pareça ser mais que suficiente para a maioria dos utilizadores, é apenas uma questão de tempo até que deixe de o ser.

Especialmente se fores daquelas pessoas que raramente (ou nunca) olham para a lixeira e fazem limpezas regulares dos ficheiros que apagam. Esse foi um dos grandes motivos que a Google implementou esta funcionalidade no Gmail e também no Google Fotos.

Outros artigos interessantes:

Artigo anteriorPróximo artigo
Joao Silva
A paixão por tecnologia já corre há muitos anos, separando os tempos livres entre a pesquisa de novas aplicações para o telemóvel e os mais recentes jogos para a Nintendo Switch.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.