Imagem & som

Hasselblad CFV-50: Hightech em corpo retro


A Hasselblad CFV-50 tem uma aparência retro, com o disparador em manivela. Mas não se deixe enganar pelo aspeto. A CFV-50 é uma câmera com um sensor de 50 megapixel que grava ficheiros em 2F RAW.

Claro está que o novo modelo mantém as caraterísticas Hasselblad, pelo que não tem programas de exposição nem modo contínuo. Apenas permite um disparo de cada vez e a gama de ISO varia entre os 80 e os 800. O display é um TFT de 2.5 polegadas com imagem de 24 bit

A câmera inclui o software Phocus para PC e Mac.

A Hasselblad tinha surpreendido o ano passado ao lançar a H4D-40 Ferrari, uma edição limitada a 449 exemplares vendidos a 21.499 Euros. Diz a marca que a parceria faz sentido pela qualidade, design e inovação que são atributos das duas marcas.

A H4D-40 Ferrari tem um sensor de 40 megapixel e está equipada com a tecnologia True Focus, que possibilita uma focagem automática rápida.


9 comentários em Hasselblad CFV-50: Hightech em corpo retro

  1. Anderson

    50 MB?!?!?! ahahahaha….eu já to bem satisfeito com a minha de 5….imagina com 50?!?!!?!? Dá pra ver até os poros da pele das pessoas…..

    pena que o preço é um pouco salgado

  2. Marcio Ly

    Dificilmente veremos alguem em uma festa de aniversario com uma dessas!!! Olha o preço deste brinquedo!!! Essa e para aqueles que gostam de gastar e são amantes da marca Ferrari.

  3. Wanderson

    Acho que vou me focar em uma dessas em vez de uma Ferrari. Que tal uma dessas com estilo Mercedes ou lamborghini????

  4. Letícia Faria

    Retrô está na moda. E Ferrari nunca sai. Somando a 50 megapixels, uma combinação que faz brilhar os olhos de quem trabalha com isso.

    • Wanderson

      Pensei que só roupa não saia de moda mas uma das últimas tendências é dos aparelhos retro que relembram o design consagrado de seus antecessores.

  5. Rodrigo

    50 MEGAPIXEL IMPRESSIONANTE COM UM MODELO RETRO.
    MAIS A NOVA VERSAO COM 40 MP , COM ESTILO E DESENHO DA FERRARI, BOM PRO AMANTES DESSA MARCA.

  6. Com tamanho avanço tecnológico logo não sera preciso talento, haverá apenas a necessidade de discernimento para escolher o que merece ser registrado e qual a melhor maneira de faze-lo, estas maquinas parecem cuidar de todo o resto sozinhas!(Quem sabe logo, logo não serão capazes de escolher também).

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *