Notícias

Microsoft terá colaborado com programas de vigilância da NSA.


Microsoft terá fornecido soluções de criptografia para Skype, Hotmail, SkyDrive e outros serviços, revela o jornal “The Guardian“.

A participação da Microsoft em programas de vigilância da NSA (Serviços de Inteligência dos Estados Unidos) pode ser mais extensa do que se pensava anteriormente.

Novos documentos do denunciante Edward Snowden ditam que a Microsoft tem trabalhado com agências de inteligência dos Estados Unidos para fornecer acesso simplificado aos seus serviços, incluindo Outlook.com, Hotmail, Skype, SkyDrive, e muito mais.

Nos últimos três anos, a Microsoft já teria assistido o FBI e a NSA em criptografia ignorando a criptografia de seus produtos que poderiam impedir a interceptação de conversas na web, emails e dados do usuário. Desta forma a NSA teria acesso total aos dados dos utilizadores da Microsoft, sejam conversas, emails, etc.

Mais precisamente a empresa permitiu que as agências tivessem acesso a vídeos e a gravações áudio de conversas realizadas através do Skype, que adquiriu em 2011.
Embora os produtos e serviços Xbox não tivessem sido mencionados, é lógico que o negócio de Jogos da Microsoft não ficaria imune aos pedidos da NSA.

Microsoft, juntamente com outros gigantes da tecnologia como Google e Apple, foram implicados no mês passado, quando a vigilância PRISM da NSA e do programa de que armazena os dados foi revelado pela primeira vez. A Microsoft negou ter qualquer conhecimento prévio do programa.

No sentido de responder a tais acontecimentos, a Microsoft emitiu um comunicado em que diz: “Temos princípios claros que orientam a resposta em toda a nossa empresa às exigências do governo para a informação do cliente, tanto para a aplicação da lei e as questões de segurança nacional”.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *