Ciência

Fotos de Plutão deixam cientistas atónitos: planeta parece o Ártico


As novas fotos que a sonda New Horizont enviou de Plutão estão a deixar os cientistas estupefactos, não apenas pela sua qualidade e pormenor mas, fundamentalmente, por serem tão familiares. O mais distante dos planetas-anões do sistema solar tem uma configuração que faz lembrar as paisagens do Ártico.
Nas imagens que a sonda enviou para a Terra é possível ver-se o crepúsculo, montanhas, glaciares e planícies de gelo e mesmo neblinas, mas as semelhanças ficam-se por aí. A atmosfera de Plutão é constituída por azoto e o gelo é nitrogénio.

“Esta imagem realmente faz você sentir que está lá, em Plutão, examinando a paisagem por si mesmo”, disse o investigador principal do projecto New Horizons, do Instituto de Pesquisa Southwest, em Boulder, Colorado. “Mas esta imagem é também uma pechincha científica, revelando novos detalhes sobre a atmosfera, montanhas, geleiras e planícies de Plutão.”

As fotografias foram feitas a 14 de Julho, mas os cientistas a elas apenas tiveram acesso no dia 13 de Setembro. Devido à luz de fundo favorável e à sua alta resolução, esta imagem CIVM também revela novos detalhes de neblinas ao longo da ténue mas estendida atmosfera de azoto de Plutão. A imagem mostra mais de uma dúzia de camadas de fina névoa que se estende desde perto da superfício até, pelo menos, 60 milhas (100 quilómetros) acima do solo. Além disso, a imagem revela pelo menos um banco de nevoeiro iluminado pelo sol de ajuste contra o lado escuro de Plutão, que passou por sombras das montanhas próximas. “Além de ser visualmente impressionante, estas neblinas baixas sugerem a mudança do tempo de dia para dia em Plutão, tal como acontece aqui na Terra”, disse Will Grundy, chefe da equipa New Horizons Composition do Observatório Lowell, em Flagstaff , Arizona.

Fonte Nasa


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *