Google coloca Maravilhas de Portugal à distância de um clique

Castelo de Guimarães - Google

Mosteiro dos Jerónimos, Mosteiro da Batalha, Mosteiro de Alcobaça, Palácio da Pena, Vila de Óbidos ou Castelo de Guimarães são apenas alguns dos 57 novos locais que podem, a partir de agora, ser visitados virtualmente.

Mas não é tudo: jardins, ruínas, parques de cidades, recintos desportivos, locais de natureza e vida selvagem, praias e por outros locais tão emblemáticos como a Baixa Pombalina, a Praça do Império ou a Sé de Braga estão à distância de um clique.

Isto tudo porque a Google, com o apoio da Direção-Geral do Património Cultural, disponibiliza, desde ontem, visitas virtuais a algum do património artístico, natural, arquitectónico e cultural mais importante de Portugal, incluindo alguns dos seus ex-libris reconhecidos dentro e fora de portas.

Mosteiro Alcobaça

Milhares de imagens de 360º foram acrescentadas ao Google Maps e, graças à tecnologia Street View, permitem agora a qualquer pessoa em Portugal ou no mundo conhecer virtualmente algumas das maiores riquezas do país. Trata-se da maior atualização de sempre em Portugal.

Mapa com pormenor

Adicionalmente, no Google Cultural Institute estará acessível a coleção “Maravilhas de Portugal” com alguns dos principais ícones do património nacional como o Palácio da Pena, Mosteiro de Alcobaça, entre muitos outros.

Para poder digitalizar e disponibilizar visitas virtuais a estes locais a Google recorreu tecnologia própria de captação de imagens de 360o, em particular ao Trekker e ao Trolley.

As Maravilhas de Portugal representam a maior expansão do projeto de digitalização do património português desde 2012, altura em que foram disponibilizados 23 novos locais de interesse cultural, natural e arquitectónico.

Para este trabalho, a Google demorou 62 dias a registar imagens, num total de 225 horas, percorrendo a pé 150 quilómetros.

A nova expansão está disponível em duas coleções especiais: uma no Google Cultural Institute, que inclui locais como o Palácio Nacional de Sintra, o Palácio de Queluz, o de Monserrate, entre outros ícones do património cultural português e outra coleção, no Street View. Em simultâneo, as visitas virtuais a todos os 57 locais estarão também acessíveis a partir do Google Maps, bastando ao utilizador selecionar o local e clicar no ícone do Street View (Pegman).

Artigo anteriorPróximo artigo
Paula Pedro Martins
Jornalista, colaboradora em várias publicações, nomeadamente, as revistas “Pais & Filhos” e “Bebé d’Hoje”. Dedica-se também ao guionismo na área do entretenimento televisivo e à escrita para crianças. Foi coordenadora e editora em portais de referência. E é apaixonada por música, cinema e viagens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.