WINNING investe meio milhão de euros em novo Centro de Competências de SCIENTIFIC DATA

WINNING investe meio milhão de euros em novo Centro de Competências de SCIENTIFIC DATA

WINNING investe meio milhão de euros em novo Centro de Competências de SCIENTIFIC DATA

A WINNING Scientific Management, empresa que se especializou nas competências de Business Case, Business Analysis, Gestão Estratégica, Gestão de Projeto e, recentemente, em Gestão da Inovação tem um plano de investimento de meio milhão de euros em 2016, para o desenvolvimento do seu Centro de Competências em Scientific Data, incluindo a contratação de cerca de meia centena de novos consultores com especialização em Data Science.

Os objetivos atuais da WINNING advém das crescentes necessidades detetadas nos seus mercados de atuação e estão em alinhamento com o posicionamento que a empresa adotou, através do desenho de soluções que recorrem sempre a modelos de Gestão Científica.

De acordo com Ricardo Santos, Partner da WINNING e responsável pelo novo centro de competências em Scientific Data “a Tecnologia veio intensificar aquilo a que podemos chamar de dinamismo e velocidade dos meios envolventes, sendo a principal consequência desta, a crescente complexidade. A Gestão e os gestores têm o desafio de garantir a sobrevivência e sustentabilidade das suas empresas, vendo-se forçados a um constante processo de reinvenção e adaptação, como única alternativa para perdurar no tempo. Por sua vez, a Ciência que com a missão de racionalmente compreender o mundo, é necessária para um conjunto crescente de áreas do saber, sendo vista como única forma de gerar entendimento num meio onde a realidade viaja a uma velocidade alucinante. Consequentemente, o Gestor do Futuro vê-se forçado a trabalhar com factos e não com opiniões, representando a tecnologia e ciência, ferramentas de trabalho imprescindíveis para o alcançar do sucesso.”

A crescente complexidade do mundo e dos negócios tem vindo a aumentar os impactos negativos que advêm das lacunas do processo de tomada de decisão, e por isso, é cada vez mais importante garantir uma elevada previsibilidade das decisões, e ao mesmo tempo uma redução do risco associado. A informação circula a uma fugacidade que impede a rápida compreensão da mesma, e por isso, a capacidade de relacionar causas com efeitos, no que aos acontecimentos diz respeito, representa uma vantagem competitiva para as empresas. Como resposta a estas atuais necessidades do mercado, surge o tema que a WINNING intitula de Scientific Data “com o objetivo máximo de colmatar aquelas que são as necessidades mais importantes do Gestor atual aquando da tomada de uma decisão, tendo por base a Gestão, Ciência e Tecnologia.” refere Ricardo Santos.

O número de colaboradores da WINNING tem vindo a crescer de ano para ano, ultrapassando já mais de uma centena de consultores e em 2016 a empresa tem o objetivo de integrar entre 40 a 50 Cientistas da Informação (Data Scientists). Estes profissionais possuem um perfil muito especializado, reunindo técnicas matemáticas e analíticas e relacionando toda a informação disponível – de forma interna e externa à organização – para obter novas visões sobre o negócio.

Artigo anteriorPróximo artigo
Avatar
é um dos fundadores do TecheNet, juntamente com Jorge Montez.. O design é uma das suas paixões, tendo criado o estúdio Parapluie que desenvolve trabalhos de webdesign e design gráfico para os mercados brasileiro e português.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.