GoLiveClip: A tecnologia portuguesa que ajuda os idosos

GoLiveClip: A tecnologia ‘made in’ Portugal que ajuda os idosos

A tecnologia ‘made in’ Portugal, GoLiveClip, esteve exposta na MEDICA, a feira de maior relevo para o setor médico. O dispositivo GoLiveClip desenvolvido pelo centro de investigação Fraunhofer Portugal AICOS, do Porto, em parceria com a empresa holandesa Gociety Solutions, apresenta-se como um dispositivo concebido para melhorar a saúde e a segurança do utilizador.




GoLiveClip: A inovação portuguesa na maior feira médica do mundo

A MEDICA, a maior feira médica do mundo abriu portas em Düsseldorf, na Alemanha, de 12 a 15 de novembro, e reuniu mais de 5.000 expositores internacionais que apresentaram os seus novos produtos e aplicações inovadoras no âmbito do setor médico. O GoLiveClip, um dispositivo que permite ao utilizador alertar contactos de emergência através de um botão de alerta, regista a atividade física diária, e consegue detetar e até avaliar o risco de quedas, foi um dos produtos inovadores presentes neste feira.

Com o aumento da expectativa de vida dos portugueses, as novas tecnologias apresentam-se como uma ferramenta indispensável para a melhoria da qualidade de vida dos idosos. Foi a pensar nisto que a Fraunhofer Portugal AICOS se tem vindo a focar na criação de soluções de investigação aplicada no âmbito do Ambient Assisted Living (AAL).

O dispositivo wearable é um dos resultados deste esforço. Este dispositivo está ligado à GoLivePhone app, já disponível no Google Play (compatível com smartphones com Bluetooth e Android 5.1, ou mais recente), que oferece várias funcionalidades, como chamadas para contactos de emergência, alertas para a toma de medicamentos, e localização GPS, entre outras.

A tecnologia que serviu de base a este produto foi desenvolvida na Fraunhofer Portugal AICOS. O Smart Companion, uma aplicação Android desenhada especificamente para colmatar as necessidades da população sénior, e os Pandlets, sensores de movimento para dispositivos sem fios, que permitem a monitorização de atividade física, a deteção de quedas, e localização por GPS, foram ambos desenvolvidos no centro de investigação do Porto.

O lançamento deste produto reforça o papel do Fraunhofer Portugal AICOS como um forte parceiro da indústria, capaz de levar a cabo investigação aplicada com utilidade direta para os seus parceiros e clientes, e contribuir para a melhoria da qualidade de vida dos seus utilizadores finais.

Entre mais de 5.000 mil expositores presentes na MEDICA, o dispositivo wearable GoLiveClip mereceu destaque por parte de um dos jornais mais reputados da Alemanha, o Bild, que o distinguiu como uma das soluções mais interessantes da feira. O artigo do jornal, abordou uma das principais vantagens do GoLiveClip: o facto de ajudar a resolver os problemas dos pacientes e, simultaneamente, diminuir o esforço diário dos profissionais de saúde.

Sobre a Fraunhofer Portugal

A investigação de utilidade prática está no centro de todas as atividades desenvolvidas pela Fraunhofer Portugal.

Fundada em 2008 – e resultando de uma colaboração de longo prazo em Ciência e Tecnologia entre Portugal e a Alemanha – a Associação Fraunhofer Portugal Research promove e coordena a cooperação entre os seus centros de investigação, outras instituições de investigação e parceiros industriais, com o objetivo de levar a cabo investigação aplicada com utilidade direta para empresas privadas e públicas, originando benefícios para a sociedade como um todo.

A missão da Fraunhofer Portugal materializa-se, atualmente, através do centro de investigação Fraunhofer Portugal Research Center for Assistive Information and Communication Solutions (FhP-AICOS), localizado no Porto e surgido em 2009 no seguimento de uma parceria entre a Sociedade Fraunhofer (Fraunhofer-Gesellschaft), a Fundação para a Ciência e a Tecnologia e a Universidade do Porto.

Adotando o bem-sucedido modelo de negócio operado na Alemanha pela Fraunhofer-Gesellschaft, a Fraunhofer Portugal apoia o desenvolvimento económico e promove o bem-estar social, ao contribuir para a melhoria da qualidade de vida das populações.

Artigos recomendados:

Saúde: Portugueses lideram descoberta de subsestruturas cerebrais

HPA Saúde: a app que facilita acesso a marcações e informação clínica




Artigo anteriorPróximo artigo
é um dos fundadores do TecheNet, juntamente com Jorge Montez.. O design é uma das suas paixões, tendo criado o estúdio Parapluie que desenvolve trabalhos de webdesign e design gráfico para os mercados brasileiro e português.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.