Samsung Galaxy S21 Ultra vai ser o primeiro Galaxy S com suporte para S Pen

Samsung Galaxy S21 Ultra S Pen

Durante as últimas semanas foram muitos os rumores que envolveram a próxima remessa de smartphones topo de gama da Samsung, especialmente o Samsung Galaxy S21 Ultra.

Publicidade
Loading...

Ao longo dos anos, ficou sempre no ar a ideia de que seria apenas uma questão de tempo até que a gigante sul-coreana decidisse trazer a popular S Pen para a linha principal de topos de gama.

Agora, graças ao habitual leaker Ice Universe, ficámos com a confirmação de que o Samsung Galaxy S21 Ultra será realmente o primeiro da sua linha a suportar a S Pen.

Ainda que não tenha apresentado provas concretas, o historial do leaker em informações sobre a empresa dá-nos grandes garantias.

Samsung Galaxy S21 Ultra não trará a S Pen integrada

Ao contrário do que muitos têm falado, parece muito pouco provável que decidam finalmente fazer a união entre a linha Galaxy S e Galaxy Note.

Existe um pequeno detalhe no tweet publicado, que nos deixa uma clara indicação de que o Galaxy S21 Ultra não irá substituir o Galaxy Note 21.

“Sim, eu posso confirmar a 100% que o S21 Ultra SUPORTA a S Pen”

@universeice

A palavra “suporta” é extremamente importante, revelando que apesar de poderes utilizar uma S Pen no novo smartphone, esta não deverá chegar integrada no seu corpo.

Os novos Galaxy S21 serão apresentados durante o próximo evento Unpacked, que deverá realizar-se no dia 14 de janeiro. Tal como revelado em várias leaks até há data, os três modelos vão apresentar um design renovado para o módulo fotográfico.

Samsung Galaxy S21 Ultra S Pen

Ainda que tenha sido bastante polémico, devido a alegadas fragilidades na sua estrutura, a nova abordagem poderá minimizar o impacto do módulo em termos de saliência.

Quanto à sua performance, tudo indica que os 3 chegarão equipados com o mais recente processador da Samsung, o Exynos 2100.

Outros artigos interessantes:

via: Android Central
Artigo anteriorPróximo artigo
João Silva
A paixão por tecnologia já corre há muitos anos, separando os tempos livres entre a pesquisa de novas aplicações para o telemóvel e os mais recentes jogos para a Nintendo Switch.