Xiaomi vende mais de 15 milhões de smartphones MI-2

Xiaomi MI-2 vende 15 milhões





A fabricante de smartphones chinesa – Xiaomi – vendeu aparentemente mais de 15 milhões de unidades do seu popular smartphone MI-2. Tendo sido comercializado maioritariamente na China e em territórios vizinhos, uma das razões apontadas para tal sucesso de vendas foi o seu preço de venda extremamente reduzido.

O MI-2 teve duas variantes a serem comercializadas no território chinês, uma versão com 16GB de memória interna e uma câmara de 8 megapixels, enquanto que a segunda variante oferece 32GB de memória interna e uma câmara de 13 megapixels. Para comemorar a fantástica meta alcançada a empresa baixou o preço do terminal para uns fantásticos $211, sendo que o modelo mais avançado mantém o seu preço (ainda bastante reduzido) de $291.

O MI-2 foi lançado no final de 2012 e após o seu lançamento a fabricante chinesa lançou vários outros smartphones de gama superior, tal como o atual topo de gama MI-3. A Xiaomi começa agora a tornar-se mais conhecida a nível mundial também devido à chegada do seu terminal low-cost “Redmi” a vários mercados internacionais.

Xiaomi MI-2 vende 15 milhões

A Xiaomi contratou em Agosto de 2013 Hugo Barra, que na altura era o Vice Presidente da gestão de produtos Android na Google e nessa altura foi anunciado que a empresa teria grandes planos para realizar uma expansão a nível mundial da marca. Até hoje ainda não foi possível ver qualquer resultado prático desses objetivos, mas poderá não faltar muito tempo para que a maior fabricante de dispositivos móveis chinesa comece a “invadir” novos mercados.

Artigo anteriorPróximo artigo
frequentou a licenciatura de Desporto em Setúbal e actualmente reside em Londres. Apaixonado por novas tecnologias e fã do "pequeno" Android desde 2009. Fundador e autor do blog Androidblog.pt, criado em 2012.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.