OM/ONE: alto-falante Bluetooth flutua… como mágica!

OM:ONE | TecheNet | a Menina Digital

Por mais que possa parecer um daqueles gadgets futuristas, digno de ficção científica, OM/ONE – um alto-falante flutuante – é uma realidade cada vez mais próxima. Desenvolvido pela OM Áudio, uma empresa fabricante de acessórios de som, o dispositivo Bluetooth flutua no ar sem o auxílio de nenhum tipo de cabo.

O aparelho é composto por uma base magnética com entrada USB e uma esfera que fica suspensa 3 centímetros enquanto a música é reproduzida, graças a um imã de neodímio localizado no centro da bola e repelido pelo eletromagnetismo da base, o que a faz levitar e girar levemente. Projeto de crowdfounding, o produto custa US$ 179 e pode ser conectado a smartphones, tablets e computadores.

Até agora, o projeto arrecadou quase o dobro do valor inicial pretendido (US$ 100 mil dólares), chegando a US$ 196 mil. Disponível nas cores preta e branca, os interessados em adquirir o gadget futurista tem mais 48 dias para encomendar o aparelho. A chegado do dispositivo no mercado está prevista para o final deste ano, quando custará 199 dólares (cerca de 149 euros / 453 reais).

Além da reprodução de músicas, OM/ONE vem com um microfone embutido que possibilita a realização de chamadas. Com uma bateria potente que pode durar até 15h, a esfera também funciona sem o uso da base, sendo possível, ainda, emparelhar duas unidades e potencializar o áudio.

Confira o vídeo que explica melhor a ideia:

Via Business Insider

 

Artigo anteriorPróximo artigo
Cláudia Assis
Jornalista, Assessora de Comunicação e Gestora de Marcas nas redes sociais, Cláudia Assis tenta definir a si mesma como "uma menina multitask". Aquariana [logo vanguardista!] e nômade por natureza, viu a sua vida ser conduzida numa viagem transatlântica rumo a Portugal. O objetivo inicial era um mestrado em Ciências da Comunicação mas, desde então, vive num enamoramento constante com a terra de Pessoa. E, assim como o poeta, ela é também muitas "pessoas". CAssis é uma delas [talvez a mais intensa] e que nada mais é que uma versão 2.0 de si mesma, um alter-ego nas redes sociais. O que “ambas” têm em comum? Falam muito. Sobre tudo e todos. Têm sempre uma opinião a dar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.