Malwares: Previna-se e Saiba quais são as Principais Ameaças

Homem em notebook alterando códigos

Em tempos que os ataques cibernéticos são cada vez mais comuns e discretos, é necessário ser cauteloso para nos livrarmos de malwares, de outras ameaças e golpes na internet.

Mas você sabe quais são as ameaças? Quando falamos de vírus, Cavalos de Tróia, spywares e similares, isso significa diferentes tipos de malwares com formas de invasão, problemas e consequências diversificadas.




Pensando nisso, separamos algumas informações que te podem ajudar a proteger-te desses códigos e programas mal-intencionados espalhados pela web.

O Que são Malwares?

Malwares são programas intencionalmente prejudiciais para o funcionamento de qualquer aparelho eletrónico. Eles invadem, danificam e desabilitam computadores, sistemas, redes, tablets e até dispositivos móveis.

O termo vem de “software malicioso”, ou seja, ele pode roubar, criptografar ou excluir dados importantes dos aparelhos. Assim como sequestrar informações essenciais ou espionar atividades sem que o usuário tenha conhecimento.

Quais os Principais Tipos de Malwares?

  • Vírus: o nome é uma referência aos homólogos biológicos da medicina, e assim como eles, os vírus cibernéticos prendem-se a arquivos limpos com objetivo de infectá-los por completo.Sem a proteção do melhor antivírus possível, o aparelho pode ter suas funções centrais danificadas, além de arquivos excluídos e corrompidos.
  • Cavalo de Tróia (Trojan Horse): disfarçado de software amigável, esse tipo de malware age de forma discreta e busca uma brecha frente à segurança, permitindo a entrada de outros tipos de malwares.
  • Spyware: é o espião em forma de malware. Registra todas as atividades do usuário, como senhas, números, dados do cartão de crédito, hábitos de navegação e muito mais.

Como os Malwares Podem Infectar o Seu Computador?

São vários ingredientes que fazem do seu computador um prato cheio para ataques de malwares, mas as principais contaminações são via internet ou e-mail:

– Download de arquivos infectados;

– Instalação de software de fonte insegura;

– Ao abrir anexos de e-mails;

– E até mesmo ao usar aplicativos legítimos e originais, mas que podem ter sido infectados por vários tipos de malwares.

É possível ter o computador infectado apenas ao visitar uma página na web. Até mesmo as páginas mais populares podem estar contaminadas – são visadas pela grande quantidade de vítimas que os criminosos podem atingir rapidamente.

Isso mesmo, a sua máquina pode ser afetada a qualquer momento enquanto estiver online. Também existe risco de contaminação por meio de pen drives.

Mulher utilizando notebook em um caféComo Remover e Proteger-se dos Malwares?

Cada forma específica de malware possui sua maneira de infectar e danificar aparelhos, assim como cada um possui um método diferente de remoção total. Mas para se proteger, a maneira mais efetiva é utilizar um bom antivírus.

De qualquer maneira, evite e-mails, links ou sites suspeitos: é um hábito que deve ser cultivado no dia a dia. Essa precaução, junto ao uso de um software anti-malware, certamente, trará mais segurança à sua máquina.

E você, tem outras dicas de como se proteger de malwares? Compartilhe connosco nos comentários!

Imagens: David Rangel (Unsplash), Markus Spiske (Unsplash), Pexels (Pixabay)

Artigo anteriorPróximo artigo
é um dos fundadores do TecheNet, juntamente com Jorge Montez.. O design é uma das suas paixões, tendo criado o estúdio Parapluie que desenvolve trabalhos de webdesign e design gráfico para os mercados brasileiro e português.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.