Browsers em ambiente virtualizado: Entrevista a Nuno Carvalho, CTO da Knowledge Inside

A Knowledge Inside disponibizou no Niodo Secure Browser.uma versão virtualizada dos três principais browsers de Internet numa abordagem segura que pretende garantir a proteção do ambiente de trabalho e isolar o acesso à maior das redes para proteger os terminais e o ambiente de rede. Fomos falar com o CTO da empresa, Nuno Carvalho, para saber mais sobre a solução e sobre a empresa.

– Fala-nos um pouco mais da nova solução Niodo Secure Browser. Quais as vantagens?

Uma versão virtualizada dos três principais browsers de Internet – Firefox, Google Chrome e Internet Explorer – numa abordagem segura que pretende garantir a proteção do ambiente de trabalho e isolar o acesso à Internet para proteger o PC  e rede local

Ao colocar o browser de Internet num ambiente virtualizado na cloud, o utilizador aufere de uma blindagem adicional contra execução de programas maliciosos e com uma proteção avançada contra ameaças em tempo real. Esta solução assume-se assim como um ambiente ideal para cenários de acesso a serviços de web banking, plataformas B2B ou sites internos da empresa a partir de qualquer local ou computador e sem recurso a VPN. Além disso, e especificamente em ambientes corporativos, apresenta-se como uma resposta assertiva para necessidades de proteção e isolamento de infraestruturas contra-ataques e ameaças browser-based, assim como ferramenta de minimização de ataques de ransomware.

– A quem se destina?

Destina-se a organizações e individuais que necessitem de garantir que estão a navegar num ambiente “limpo e seguro” independentemente do dispositivo físico que estão a usar no momento ou aqueles que necessitam do máximo de proteção e isolamento da suas redes internas contra ameaças que possam originar num download ou clique inadvertido como os devastadores ataques de ransomware.

– Como vê o mercado de virtualização em Portugal?

A virtualização nos dias que correm é um não assunto. Uma ”comodity”. Assim, o que importa são as soluções que a virtualização viabiliza.

– Que outras soluções complementares a esta possui a Knowledge Inside?

O NIODO APP, O NIODO Desktop e o NIODO Remote Backup, são alguns exemplos de soluções “As a Service” que a KI apresenta ao mercado.

– Quais as principais ameaças que os browsers têm e como esta solução pode minimizar as mesmas?

O problema não é o browser em si, o problema atem a haver com a utilização da navegação na internet como principal veículo de infeção por phishing. Como referido anteriormente a nossa solução de uma forma simples, assegura que a sua sessão de browser está totalmente isolada do computador que está a usar porque o browser está a ser executado numa máquina remota.

– Em termos da Knowledge Inside, como viram 2018 e como veem 2019?

O 2018 foi um ano de evolução e investimento e 2019 será igualmente caracterizado por investimento, principalmente em recursos humanos. Queremos atingir mais empresas e fazer mais projetos, mas isto só será possível aumentando a massa crítica da KI.

– Têm planos de internacionalização?

Para já não pelo simples facto de estarmos bem ocupados com a realidade nacional. No entanto, estabilizando este investimento, será julgo eu, um passo natural na evolução da KI.

Artigo anteriorPróximo artigo
Avatar
é admirador de Steve Jobs e Elon Musk. Apaixonado por novas tecnologias, especialmente ligadas à secção de negócios empresariais e de Gadgets, acompanha de perto todas as novidade do mundo das TI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.