EcoValdoc da Papiro obtém certificação de conformidade e-GAR atribuída pela Agência Portuguesa do Ambiente

A aplicação EcoValdoc da Papiro permite às empresas que fazem o transporte de resíduos comunicarem eletronicamente as respetivas Guias de Acompanhamento de Resíduos (e-GAR)

A Papiro, empresa especializada em Gestão de Processos de Negócio (BPO) e Serviços de Gestão Documental, anuncia que a sua aplicação EcoValdoc obteve a certificação e-GAR pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA), permitindo desta forma a comunicação via eletrónica das Guias de Acompanhamento de Resíduos para as empresas que têm necessidade de transportar este tipo de matérias.

A atribuição da certificação e-GAR pela Agência Portuguesa do Ambiente à aplicação EcoValdoc da Papiro garante-lhe a plena conformidade com os requisitos exigidos pela APA. Entre os vários requisitos envolvidos, a solução da Papiro recebeu assim a implementação e certificação de funcionalidades como a emissão de e-GAR e respetiva consulta, anulação, correção, confirmação da correção, negação da correção, rejeição e aceitação, bem como consulta de estabelecimentos, transportadores e operadores.

Na prática, e através de um Webservice integrado na aplicação EcoValdoc que faz a ligação direta ao Sistema Integrado de Licenciamento do Ambiente (SILiAmb), os clientes Papiro fazem garantir o cumprimento das novas imposições legais, de uma forma cómoda e automática. A aplicação suporta três tipos de intervenientes: Produtor, Transportador e Destinatário de resíduos. Qualquer um destes agentes poderá agora emitir uma guia para acompanhar os seus resíduos 24 horas por dia, 365 dias por ano, diretamente na aplicação EcoValdoc, imediatamente antes de proceder ao seu transporte e sem ter de se preocupar com qualquer processo adicional.

Luis Bravo, chief technology officer da Papiro, considera que “este é um claro exemplo em como os avanços na tecnologia, por mais simples que pareçam, podem afinal significar enormes vantagens para as empresas e seus colaboradores, não só em termos de produtividade mas também de concentração de informação. Para simplificar, a Papiro desenvolveu uma aplicação onde é possível reunir toda a informação numa única janela, tornando tudo mais simples e eficaz.  Com a aplicação EcoValdoc agiliza-se todo o processo de acesso à plataforma SILiAmb, concentrando mais tempo para aquilo que realmente lhes importa: o seu negócio.”

A emissão eletrónica das Guias de Acompanhamento de Resíduos é obrigatória desde 1 de janeiro de 2018, estando regulamentada pela Portaria n.º 145/2017, de 26 de abril, alterada pela Portaria n.º 28/2019, de 18 de janeiro. Todo e qualquer produtor de resíduos deve emitir a respetiva guia de acompanhamento antes do seu transporte, cabendo-lhe a responsabilidade pela gestão e encaminhamento correto dos resíduos para um Operador de Gestão de Resíduos (OGR) devidamente autorizado. A emissão da guia pode ainda ser feita por outro interveniente (nomeadamente a empresa transportadora ou o OGR) em nome do produtor, desde que este valide sempre a e-GAR.

Saiba mais em www.papiro.pt.

Artigo anteriorPróximo artigo
Avatar
é admirador de Steve Jobs e Elon Musk. Apaixonado por novas tecnologias, especialmente ligadas à secção de negócios empresariais e de Gadgets, acompanha de perto todas as novidade do mundo das TI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.