Google dá goleada à Microsoft

Se os tablets dominaram a CES 2011 (Consumer Electronics Show), a Google foi a grande vencedora ao derrotar a Microsoft por 23 – 9. O sistema operativo da Google, o Android foi o preferido pelos fabricantes para rodar nos dispositivos que apresentaram na feira.

Nas suas várias versões, o Android está a impor-se nos dispositivos móveis relativamente ao Windows 7 e não faltará muito para que este seja o sistema operativo padrão.

Os fabricantes optaram claramente por este sistema operativo, independentemente da versão que escolheram para rodar nos seus tablets. Só isto já era claramente um êxito para a Google, mas  a empresa de Mountain Vew foi mais longe e resolveu dar o passo seguinte nos sistemas operativos para dispositivos móveis.

O Android Honeycomb foi já desenhado a pensar nos tablets e traz uma mais-valia em relação às anteriores versões que tinham os smartphone como produtos-base.

Artigo anteriorPróximo artigo
Jorge Montez
é um dos fundadores do TecheNet, juntamente com Alfredo Beleza. Jornalista freelance, colaborou com conteúdos multimédia para alguns dos principais mídia portugueses. Foi redator, repórter e editor de jornais nacionais. É licenciado em Ciências da Comunicação. | Google +

6 Comentários

  1. A microsoft depende basicamente do Windows e sabe que isso não pode continuar, decide então entrar no mercado de smartphones e tablets com o WP7. Resta saber se esta estratégia irá dar certo ou se outras gigantes irão engolir a Microsoft.

  2. No momento o Android é infinitamente melhor que o windows phone….resta saber oq Bill Gates fará a respeito

  3. É como já previu o Kasperski, a tendencia é o Google se tornar padrão em aplicativos para Tablets em pouco tempo com seu excelente sistema operacional o Android.

  4. Pelo o jeito o android vai dominar o mercado com folga, resta ao windows mobile se firmar e ir ganhando mercado pouco à pouco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.