Realizadores filmam com smartphones

realizadores Age of Milk, cinema, iPhone4, Paranmanjang, pictures, Samsung Galaxy S, smartphone

O dia 27 de Janeiro vai ficar na história como o da estreia comercial de uma nova ferramenta cinematográfica: o smartphone. Nos cinemas sul-coreanos estreia a curta-metragem “Paranmanjang” totalmente filmada com um iPhone pelo realizador Park Chan-wook. Também o director Kim Dae-Woo utilizou um Samsung Galaxy S para filmar “Age of Milk”.

Publicidade
Loading...

A aposta destes dois realizadores sul-coreanos está a suscitar a curiosidade e esse é um dos efeitos pretendidos, uma vez que utilizam uma ferramenta que já faz parte do quotidiano em todo o mundo.

Fica assim demonstrado que a falta de equipamento deixou de ser desculpa para quem tenha uma boa ideia mas vê os estúdios ou os institutos governamentais recusarem o financiamento.

“Paranmanjang” (“a vida tem altos e baixos”, em coreano), o filme que estreia a 27 de Janeiro, é uma fita de terror com 30 minutos totalmente filmada com o iPhone4 e teve um orçamento de 130.000 US dólares.

Quanto a “Age of Milk”, filmado com o Samsung Galaxy S, pode ver o resultado aqui:

Jorge Montez
é um dos fundadores do TecheNet, juntamente com Alfredo Beleza. Jornalista freelance, colaborou com conteúdos multimédia para alguns dos principais mídia portugueses. Foi redator, repórter e editor de jornais nacionais. É licenciado em Ciências da Comunicação.

7 Comentários

  1. Realmente o samsung galaxy S tem uma filmagem em HD fantástica!!!

  2. O que me parece espantoso não é o facto de ter sido filmado com um smartphone. O filme esse sim me impressionou. Não percebo nada de japonês mas percebi a história ao ponto de me comover (provavelmente imaginei-a). De facto hoje a captação de imagens está muito simplificada e a qualidade standard é óptima para ser consumida afinal no mesmo ecrã que monitorizou a filmagem. No entanto é a planificação, a luz, o som, os actores, o guião, a montagem que continuam a ser as principais variáveis para fazer cinema. O conteúdo já foi o medium nos anos 80. A obra era a própria tecnologia da imagem que se observava ao espelho. o Vídeo. Hoje, apesar do medium ser totalmente revolucionário e espantosamente acessível (o medium digital), agrada-me constatar que no fim, o que sobressai no conteúdo é simplesmente a obra e o seu singelo e talentoso classicismo. Parabéns claro ao realizador japonês mas também ao “gestor de conteúdos” (note-se esta nova profissão) que neste site publicou o seu filme. Ambos me deram a improvável possibilidade de o ver. Retribuo o prazer com esta pequena reflexão. Obrigado a quem de direito.

  3. Incrivel esta reportagem, um filme gravado num Tablet e pra variar da Samsung que a meu ver tem o melhor Tablet do mercado devido a sua funcionalidade e facilidade de utilização.Bem vindos ao admirável mundo novo. Imagina como será o mundo da internet daqui a 10 anos.

  4. Milhões de diretores e cineastas amadores vão surgir, quem sabe depois eles deixem um smartphone para filmar com uma câmera proficional em hollywood!

  5. Incrivel a qualidade deste video! Se não soubesse, não acreditaria que foi feito com um Samsung. Muitas novas produções vão surgir com esta possibilidade, é questão de tempo para se tornar moda filmar desta forma.

  6. Da até pra duvidar se realmente foi filmada com iPhone pois tem imagem e som de otima qualidade. Vamos ver quando vai ser feito algo igual aqui no Brasil.

  7. QUE CURTA METRGEM CARO EM, SE ESSA MODA PEGA . FAZER FILMES VIA CELULAR, LEGAL.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.