Nova versão do Viber oferece chamadas em vídeo

O Viber, aplicação mobile de mensagens VoiP, anunciou nesta quinta-feira (11) a sua nova versão 5.0. Após ser comprada no início deste ano pela Rakuten – gigante japonesa de comércio eletrônico – por US $ 900 milhões, a aplicação ousa ir além das chamadas de voz e aposta na introdução das chamadas de vídeo a partir dos dispositivos móveis Android e iOS.

O serviço oferece chamadas de vídeo a partir duas apps para desktop já há algum tempo. Contudo, segundo Talmon Marco, CEO da empresa, após dois anos de trabalho e testes, só agora estão prontos para replicar a experiência na versão mobile.

Viber Video Call | TecheNet | a Menina Digital

          “O serviço é robusto o suficiente para suportar chamadas de vídeo, mesmo em conexões de rede mais básicas, embora, obviamente, um sinal fraco não seja capaz de produzir uma experiência de qualidade HD”, explica Talmon Marco.                                                                          

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Além da nova ferramenta, a app implementou também a leitura de QR Code a fim de facilitar a inclusão de novos contatos. Por fim, o Viber para dispostos Android recebeu um novo design, enquanto para os iOS recebeu melhoria nas mensagens de foto.

Viber QR Code | TecheNet | a Menina Digital Viber QR Code | TecheNet | a Menina Digital

Ainda em entrevista ao The Next Web, Talmon Marco adiantou que a companhia está preparando mais três “grandes” novidades para até o final deste ano, sendo uma deles relacionadas aos games. Possivelmente, uma das outras novidades poderá ser uma integração com o e-commerce da Rakuten.

Artigo anteriorPróximo artigo
Cláudia Assis
Jornalista, Assessora de Comunicação e Gestora de Marcas nas redes sociais, Cláudia Assis tenta definir a si mesma como "uma menina multitask". Aquariana [logo vanguardista!] e nômade por natureza, viu a sua vida ser conduzida numa viagem transatlântica rumo a Portugal. O objetivo inicial era um mestrado em Ciências da Comunicação mas, desde então, vive num enamoramento constante com a terra de Pessoa. E, assim como o poeta, ela é também muitas "pessoas". CAssis é uma delas [talvez a mais intensa] e que nada mais é que uma versão 2.0 de si mesma, um alter-ego nas redes sociais. O que “ambas” têm em comum? Falam muito. Sobre tudo e todos. Têm sempre uma opinião a dar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.