Adecco alerta: eficiência de processos só resulta com boa gestão das equipas operativas

A Adecco Outsourcing anunciou a sua metodologia Lean Thinking para otimização de custos de operação das empresas que contratam serviços de outsourcing. Uma das grandes tendências de mercado é a procura de soluções eficazes de outsourcing que ofereçam valor associado a poupanças nos custos.
Isto só é possível quando o parceiro de outsourcing trabalhar o eixo da eficiência dos processos e em simultâneo o alinhamento perfeito das equipas operativas que executam esses mesmos processos. Quando ambos estão em perfeita sintonia pode ser alcançada a efetiva redução de custos, seja via diminuição de tempos de execução dos processos, seja em tempo gasto a executar tarefas, pois o colaborador estará mais bem preparado.

Na grande maioria dos casos, passados 3 a 6 meses da implementação do plano operativo adequado, ambas coexistem, chegando a atingir uma significativa redução dos custos da operação que em alguns casos ascende aos 25% de poupanças para o cliente.

Lean Thinking: menos desperdício e mais produtividade

Estes resultados podem ser alcançados através de uma metodologia de trabalho assente no lean thinking: menos desperdício e mais produtividade, aplicada pela Adecco.

As equipas devem trabalhar em conjunto, independentemente de comunicarem de forma distinta e terem “mindsets” igualmente distintos.

A metodologia Lean Thinking da Adecco baseia-se em três pilares organizacionais:

  • a equipa de Recursos Humanos que executa a triagem, seleção e integração das pessoas, e as trata como estando no centro e serem a razão de existir da empresa, que procura a pessoa certa para o lugar certo;
  • a equipa de gestão operacional que se preocupa com a especificidade de cada cliente, assim como com a equipa a ele afeta, pelo que o acompanhamento próximo, onde a comunicação flui, permite uma boa agilidade na gestão do dia-a-dia, e em muitos casos a antecipação de possíveis constrangimentos;
  • a equipa técnica, que tem como base a busca incessante da melhoria contínua (Kaizen), nos processos da operação dos parceiros, que trabalha o mapeamento dos processos, a sua revisão e melhoria, o dimensionamento da operação, o controlo e monitorização dos SLAs, o reporting para os parceiros Adecco e a monitorização dos ganhos reais por operação.

O resultado é sempre uma melhoria significativa na eficácia da operação, que se vê reduzida dos desperdícios que não adicionavam valor e aumentada na produtividade, com todos os benefícios associados.

Artigo anteriorPróximo artigo
Avatar
é admirador de Steve Jobs e Elon Musk. Apaixonado por novas tecnologias, especialmente ligadas à secção de negócios empresariais e de Gadgets, acompanha de perto todas as novidade do mundo das TI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.