Seu celular foi hackeado? Aprenda a identificar os sinais de que o seu aparelho foi invadido!

Homem segurando celular com página do Google aberta




Com as tecnologias cada vez mais desenvolvidas, o universo virtual passou a fazer parte do nosso dia a dia. Os smartphones possibilitam que pessoas do mundo todo estejam conectadas em qualquer lugar e a qualquer momento. 

Publicidade
Loading...

Com o aumento da acessibilidade, a preocupação dos utilizadores com hackers também aumenta. Isso porque ter o seu dispositivo invadido compromete a segurança dos seus dados, fotos, informações pessoais, localização, dentre outros. Além disso, os cibercriminosos podem promover uma série de golpes em seu nome. 

Por isso, se o seu celular foi hackeado, é melhor agir o mais rápido possível! Os invasores utilizam vários métodos diferentes para acessar o seu aparelho. O mais comum deles é o malware, um tipo de código malicioso que contamina o seu dispositivo quando você baixa algum aplicativo de origem duvidosa. 

Nem sempre conseguimos identificar os sinais de um ataque hacker antes que ele  aconteça. Contudo, existem alguns sinais de atenção que permitem que você saiba se o seu celular está ou não infectado.  

Quer aprender a identificar esses sinais e proteger-se de crimes cibernéticos? Continue a ler e confira como verificar se o seu celular foi hackeado

Sinais de que o meu celular foi hackeado

Um aparelho infectado costuma dar sinais de que há algo de errado em seu funcionamento. Fique atento caso seu celular apresente algum desses indícios:

1. Aparelho lento ou super aquecido 

Quando algum aplicativo está sendo utilizado em segundo plano, o desempenho e velocidade do celular tendem a cair e o consumo de recursos aumenta. 

Confira os aplicativos que estão instalados em seu smartphone e lembre-se de verificar as permissões cedidas a cada um deles. Se algum deles estiver utilizando mais recursos do que normalmente, desconfie!

2. Uso de dados de internet

Existem diversos aplicativos que utilizamos em nosso dia a dia que não necessitam de conexão com a internet para seu funcionamento. 

Se um aplicativo como o seu bloco de notas, por exemplo, começa a utilizar dados da rede, esse pode ser um sinal de que seu celular foi hackeado. 

3. Outros comportamentos estranhos

Esteja sempre atento a qualquer sinal de funcionamento anormal do seu smartphone. Esses indícios incluem reinicialização sem motivo aparente, falha na bateria ou no sistema operacional, dentre outros. 

Esses são alguns sinais básicos que indicam que seu celular pode estar infectado.

Hacker segurando celular infectado por malware hackeado
Crédito: Freepik

Como evitar que o meu celular seja hackeado? 

Existem algumas precauções bastante simples que você pode tomar para não ter o seu aparelho invadido. Confira algumas sugestões úteis:

  • desinstale os aplicativos que você não utiliza mais, ou que não lembra de ter instalado; 
  • sempre faça a limpeza dos dados em cache dos aplicativos;
  • evite utilizar redes de wi-fi públicas, já que elas podem oferecer maior acesso ao seu dispositivo por pessoas mal-intencionadas;
  • escolha senhas fortes e difíceis para seus logins;
  • tome cuidado para não clicar em pop-ups;
  • confira sempre se a fonte dos seus downloads é confiável.

Além dessas práticas simples, a maneira mais eficaz de se proteger contra invasões em seu celular é contar com a proteção de um bom antivírus para Android. O Bitdefender Mobile Security garante proteção total contra vírus e malwares em seu smartphone.   

Outros artigos interessantes:

Avatar
é um dos fundadores do TecheNet, juntamente com Jorge Montez.. O design é uma das suas paixões, tendo criado o estúdio Parapluie que desenvolve trabalhos de webdesign e design gráfico para os mercados brasileiro e português.