Sete morrem no Ganges por causa de selfie

morrem por causa de selfie

Sete amigos morreram na Índia por causa de uma selfie. O grupo de jovens tinha ido banhar-se nas águas do rio Ganges quando um deles quis tirar uma selfie e perdeu o equilíbrio. Os companheiros tentaram resgatá-lo e acabaram por morrer.

O jornal The Indian Express, que conta a história, explica como foi possível os sete jovens morrerem. Um rapaz de 19 anos estava na água quando se lembrou de fazer uma selfie. Só que esta é a época das monções e as águas estavam com uma corrente muito forte. O jovem perdeu o equilíbrio e ficou em dificuldades, sendo arrastado pelo rio.

Ao aperceberem-se da situação, os jovens reagiram. O mais velho do grupo, com 31 anos, foi o primeiro a atirar-se à água para salvar o amigo, mas também ele foi vítima da força das águas. Um a um, os jovens que tinham ficado na margem, entre os 16 e os 24 anos, foram atirando-se ao rio na esperança de salvar os amigos. Nenhum deles sobreviveu.

Apenas um dos membros do grupo se salvou por não se ter atirado à água ao constatar a impossibilidade de salvar os amigos. Foi ele quem contou a triste história à polícia.

Já em janeiro tinha acontecido um acidente semelhante em Mumbai, quando duas jovens tentavam tirar uma selfie numa rocha junto ao mar arábico e caíram à água. Morreram as duas e um homem que as tentou salvar.

Via The Indian Express

Artigo anteriorPróximo artigo
Jorge Montez
é um dos fundadores do TecheNet, juntamente com Alfredo Beleza. Jornalista freelance, colaborou com conteúdos multimédia para alguns dos principais mídia portugueses. Foi redator, repórter e editor de jornais nacionais. É licenciado em Ciências da Comunicação. | Google +

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.