Twitter vai monitorar as apps mais utilizadas em dispositivos móveis

twitter-techenet-While-you-were-away





O Twitter pretende monitorar quais são as aplicações mais usadas por seus utilizadores nos seus dispositivos móveis, através do que a rede social denomina de “app graph do utilizador”.  Um dos objetivos do microblog é fornecer “conteúdo sob medida” para os milhares de utilizadores da plataforma, de modo que a publicidade possa ser melhor direcionada, algo vital para o modelo de negócios do site.

Em artigo publicado no site do microblog, o Twitter explica que ao verificar quais apps o utilizador possui em seus gadgets, será possível sugerir de forma mais acertada os melhores conteúdos baseadas no interesse de cada seguidor. Além de publicidade, o site poderá também sugerir outros utilizadores para serem seguidos, conforme a similaridades das apps instaladas.

A rede social faz questão de esclarecer que não haverá monitoramento do que é feito em cada aplicação, mas apenas quais são estas apps. Na prática, o Twitter saberá que o utilizador tem, por exemplo, o Tinder no dispositivo móvel. Contudo, não saberá qual uso está sendo dado à ferramenta.

Antes de iniciar a coleta das informações, uma notificação “in-app” será distribuída pela rede social, com mais informações sobre a atualização e sua nova política de dados, sendo possível, inclusive, desativar a função.

via Adnews

Artigo anteriorPróximo artigo
Cláudia Assis
Jornalista, Assessora de Comunicação e Gestora de Marcas nas redes sociais, Cláudia Assis tenta definir a si mesma como "uma menina multitask". Aquariana [logo vanguardista!] e nômade por natureza, viu a sua vida ser conduzida numa viagem transatlântica rumo a Portugal. O objetivo inicial era um mestrado em Ciências da Comunicação mas, desde então, vive num enamoramento constante com a terra de Pessoa. E, assim como o poeta, ela é também muitas "pessoas". CAssis é uma delas [talvez a mais intensa] e que nada mais é que uma versão 2.0 de si mesma, um alter-ego nas redes sociais. O que “ambas” têm em comum? Falam muito. Sobre tudo e todos. Têm sempre uma opinião a dar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.