Exynos 2100: Processador do Samsung Galaxy S21 já é oficial!

Exynos 2100 Samsung Galaxy S21 GPU AMD

A Samsung apresentou esta terça-feira o seu novo processador topo de gama Exynos 2100. Este processador estará presente nos novos Samsung Galaxy S21, que serão apresentados daqui a dois dias.

Publicidade
Loading...

Acompanha todas as notícias em tempo real! Segue o Techenet no Google News

Após alguma desilusão com o antecessor deste chipset, o Exynos 990, a Samsung espera que este seja um renascer da linhagem Exynos, de modo a conseguir competir com o Snapdragon 888 da Qualcomm.

Curiosamente, a própria Samsung é responsável pelo fabrico de ambos Exynos 2100 e Snapdragon 888. Isto não é coincidência, tendo em conta que ambas as empresas formaram novamente uma parceria no desenvolvimento dos seus novos processadores, havendo até muitas parecenças entre eles, já que usam a mesma microarquitetura 5nm EUV.

Exynos 2100: O que poderá trazer ao Samsung Galaxy S21?

A Samsung não olhou a meios no desenvolvimento do seu novo sistema e o Exynos 2100 possui tudo aquilo que se espera de um processador mobile em 2021. Para começar, este novo chip possui um modem 5G integrado no próprio sistema, o que lhe garante uma eficiência superior ao seu antecessor, que necessitava de um modem externo para utilizar este tipo de rede.

Logo à partida, isto garante-lhe uma eficiência superior no uso de rede 5G. Mas a Samsung garante que a microarquitetura de 5nm garante não só 20% melhor eficiência, como também um considerável salto em performance.

Para tal, o Exynos 2100 conta com um CPU de oito núcleos, que se dividem em quatro núcleos de performance e quatro núcleos de baixo rendimento. Se os núcleos eficientes utilizam os mesmos Cortex A55 que tantos outros processadores usam, no lado da performance está um Cortex-X1 a 2.9 GHz, aliado a mais três Cortex-A78 a 2.81GHz

Segundo a Samsung, o desempenho multi-core do Exynos 2100 é 30% superior ao do Exynos 990, mas também no capítulo gráfico há um grande salto que o poderá colocar ao nível do Snapdragon 888. A GPU que integra este sistema é a Mali-G78 MP14, cujo desempenho será 40% superior face à Mali-G77 MP11 do Exynos 990, anunciando a Samsung uma capacidade de 26 TOPS (o mesmo resultado do Snapdragon 888).

Exynos 2100 Samsung Galaxy S21

O Exynos 2100 possui um novo e melhorado Image Signal Processor (ISP), que tem suporte para câmaras com até 200MP, confirmando os rumores de que a Samsung poderá estar prestes a lançar uma câmara com esta resolução.

Surpreendente é o facto de este ISP ter a capacidade para suportar até seis sensores fotográficos, podendo processar imagem e dados de quatro deles em simultâneo, enquanto o Snapdragon 888 apenas consegue recorrer a três sensores ao mesmo tempo.

Como acima mencionado, este novo sistema possui um modem 5G integrado e que possibilita velocidades de download de 7.35 Gbps a utilizar rede mmWave, enquanto que recorrendo a rede Sub-6GHz chega aos 5.1 Gbps.

Apesar do seu anuncio antecipado, ficaremos a saber tudo ao pormenor sobre o novo Exynos 2100 no próximo dia 16 de janeiro na sua apresentação oficial. Entretanto, as suas capacidades serão exploradas na apresentação do Samsung Galaxy S21, que decorrerá dentro de dois dias.

Segue toda a atualidade tecnológica no TecheNet através do FacebookInstagramTwitter.


Xiaomi lançará RedmiBook Pro com processadores Intel de 11ª geração

Após a apresentação da Intel sobre os seus novos processadores de 11ª geração na CES 2021, a Xiaomi avançou esta terça-feira com uma publicação na rede social Weibo onde revela que a nova geração RedmiBook Pro vai utilizar estes mesmos processadores Intel Core.

Os novos processadores Intel percentem à linha Tiger Lake H (neste caso, H35) e deverá possuir bastantes melhorias face à atual linha de 10ª geração.

Continuar a ler aqui.


Outros artigos interessantes: