Facebook: Mark Zuckerber pretende lançar app para leitura de notícias

Corre “à boca miúda” que Mark Zuckerberg e a sua trupe preparam-se para lançar uma aplicação (ou aplicativo, como se diz no Brasil) que poderá mudar um pouco algumas das principais diretrizes do Facebook: a rede social prevê o lançamento de um leitor de notícias versão mobile, previsto já para o final deste mês.

A app, que pretende se tornar concorrente direto do Flipboard, seria chamado Paper, embora já exista uma outra aplicação para o sistema iOS com o mesmo nome, só que voltada para desenho livre, uma atividade completamente diferente da proposta pelo Facebook. Segundo adianta o Re/code, “a app está em desenvolvimento há anos e seria um serviço à parte da rede social, tornando-se, inclusive, uma web app otimizada para aparelhos móveis”.

A princípio, o Paper mostraria notícias de sites como o New York Times, Washington Post, entre outras publicações com “visual atraente”, o que também incluiria atualizações de status na rede social. Mark Zuckerberg, CEO e fundador do Facebook, teve participação direta no desenvolvimento do projeto, apesar do trabalho ter sido executado pela equipe que trata do feed de notícias.

Leia também:

Artigo anteriorPróximo artigo
Cláudia Assis
Jornalista, Assessora de Comunicação e Gestora de Marcas nas redes sociais, Cláudia Assis tenta definir a si mesma como "uma menina multitask". Aquariana [logo vanguardista!] e nômade por natureza, viu a sua vida ser conduzida numa viagem transatlântica rumo a Portugal. O objetivo inicial era um mestrado em Ciências da Comunicação mas, desde então, vive num enamoramento constante com a terra de Pessoa. E, assim como o poeta, ela é também muitas "pessoas". CAssis é uma delas [talvez a mais intensa] e que nada mais é que uma versão 2.0 de si mesma, um alter-ego nas redes sociais. O que “ambas” têm em comum? Falam muito. Sobre tudo e todos. Têm sempre uma opinião a dar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.