Conheça a música encontrada nos anéis de uma árvore

Foto: reprodução da internet

O músico alemão Bartholomäus Traubeck criou um equipamento com uma plataforma giratória ― similar a um antigo toca-discos ― capaz de “traduzir” os anéis do tronco de uma árvore, transformando-os em notas de piano. Como resultado, Traubeck gravou o álbum intitulado “Years”, com músicas “traduzidas” de pinheiros, freixos, carvalhos, bordos, nogueiras, amieiros e faias.

Contudo, o funcionamento do equipamento difere e muito de um toca-discos. Ou seja, ao invés de uma simples agulha que lê sulcos de um disco, o equipamento possui sensores que juntam informações sobre a cor e a textura da madeira, utilizando a seguir um algoritmo para “traduzir” as variações em notas de um piano.

Como cada árvore possui variações diferentes… o resultado é uma música ÚNICA para cada tronco. CONFIRA!

Entretanto, esta não é a primeira vez que um artista implementa a sua obra com a música oferecida pela natureza: Jim Wilson desacelerou o canto de grilos e encontrou algo formidável, que também pode ser apreciado aqui.

Via QGa

Artigo anteriorPróximo artigo
Cláudia Assis
Jornalista, Assessora de Comunicação e Gestora de Marcas nas redes sociais, Cláudia Assis tenta definir a si mesma como "uma menina multitask". Aquariana [logo vanguardista!] e nômade por natureza, viu a sua vida ser conduzida numa viagem transatlântica rumo a Portugal. O objetivo inicial era um mestrado em Ciências da Comunicação mas, desde então, vive num enamoramento constante com a terra de Pessoa. E, assim como o poeta, ela é também muitas "pessoas". CAssis é uma delas [talvez a mais intensa] e que nada mais é que uma versão 2.0 de si mesma, um alter-ego nas redes sociais. O que “ambas” têm em comum? Falam muito. Sobre tudo e todos. Têm sempre uma opinião a dar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.