Facebook lança app que permite acesso gratuito a serviços da web





O Facebook segue com o seu plano de conectar o mundo inteiro, a fim de que todos tenham acesso a recursos como a própria rede social. A empresa acaba de lançar na Tanzânia a aplicação Internet.org, seguindo o que já havia feito na Zâmbia. Entre outras coisas, a app permite acesso gratuito a diversas plataformas, como Wikipédia e serviços de notícias locais, BBC News, saúde, educação, classificados e cobertura esportiva, por exemplo.

Lançada em parceria com a operadora Tigo, responsável por financiar todo o tráfego (caso deseje usar mais da internet, o utilizador poderá comprar pacotes com a empresa), a aplicação funciona apenas em dispositivos móveis com sistema operacional Android e através de um site mobile.

Uma diferença entre os produtos oferecidos na Tanzânia e na Zâmbia pode ser apontada: ao contrário da versão oferecida em julho, a que acaba de ser liberada não conta com o buscador do Google. Uma das explicações possíveis é a de que o internauta poderia ver os resultados, mas não clicar nos links, o que acabaria comprometendo a sua experiência de navegação.

A versão Internet.org Tanzânia inclui, gratuitamente, os seguintes serviços:

AccuWeather
BabyCenter & MAMA
BBC News & BBC Swahili
BrighterMonday
The Citizen
Facebook
Facts for Life
Girl Effect
Messenger
Mwananchi
Mwanaspoti
OLX
Shule Direct
SuperSport
Tanzania Today
Wikipedia

Via TechCrunch

Artigo anteriorPróximo artigo
Cláudia Assis
Jornalista, Assessora de Comunicação e Gestora de Marcas nas redes sociais, Cláudia Assis tenta definir a si mesma como "uma menina multitask". Aquariana [logo vanguardista!] e nômade por natureza, viu a sua vida ser conduzida numa viagem transatlântica rumo a Portugal. O objetivo inicial era um mestrado em Ciências da Comunicação mas, desde então, vive num enamoramento constante com a terra de Pessoa. E, assim como o poeta, ela é também muitas "pessoas". CAssis é uma delas [talvez a mais intensa] e que nada mais é que uma versão 2.0 de si mesma, um alter-ego nas redes sociais. O que “ambas” têm em comum? Falam muito. Sobre tudo e todos. Têm sempre uma opinião a dar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.