Cabos submarinos de 100Gbps ligarão Palau e a Micronésia

Cabos submarinos de 100Gbps ligarão Palau e a Micronésia

A NEC Corporation, juntamente com a Belau Submarine Cable Corporation e o Governo dos Estados Federados da Micronésia (FSM) anunciaram o início da construção de três ligações de cabos submarinos que vão ligar as ilhas de Palau, Yap e Chuuk, ao resto do mundo.

A BSCC, com o apoio de um empréstimo do Banco Asiático de Desenvolvimento (BAD), assinou um contrato de fornecimento com a NEC para construir a ligação para Palau, enquanto o FSM, apoiado por uma subvenção do Banco Mundial (WB), assinou um contrato de fornecimento com a NEC para a construção da ligação para Yap, tendo ainda assinado este ano um outro acordo adicional para a extensão de Pohnpei a Chuuk.

Cabos submarinos de 100Gbps ligarão Palau e a Micronésia
Mapa do cabo para Palau, Yap e Chuuk

As ligações de cabos submarinos a Palau e Yap interconectam ambas com o cabo SEA-US (sob construção pela NEC, ligando as Filipinas e a Indonésia à costa ocidental dos Estados Unidos através de Guam e do Havai). A extensão de Pohnpei, a capital da FSM, até Chuuk ramifica a partir de um outro cabo já existente que liga os FSM, as Ilhas Marshall e Guam. Todas as três rotas apresentam velocidades de transmissão de 100 Gigabit por segundo (Gbps) e por canal.

“Palau sentiu durante muitos anos a necessidade de um cabo submarino, reconhecendo os seus muitos benefícios nacionais e económicos”, afirmou George Rechucher, Presidente do Conselho de Administração da BSCC. “No entanto, a possibilidade de ter uma ligação eficiente em custos para Palau era reduzida, até à construção do cabo SEA-US, dado que ele disponibiliza uma rota principal de cabo submarino que passa perto das costas de Palau. Com a oportunidade única proporcionada pelo cabo SEA-US, a cooperação com os nossos clientes, os fornecedores de serviços de TIC de Palau, e o apoio financeiro do BAD, Palau pode agora assegurar uma ampla capacidade de ligação para todo o mundo e permitir o acesso à Internet de banda larga em Palau com melhor qualidade e a preços reduzidos. ”

“O FSM adotou uma política nacional para ligar todos os quatro estados do FSM (Yap, Chuuk, Pohnpei e Kosrae) com sistemas de cabos de fibra ótica. Em 2009, o sistema de cabo HANTRU-1 foi ligado no estado de Pohnpei. Com o financiamento do Banco Mundial, que entrou em vigor em março de 2015, e através da colaboração e parceria do FSM com Palau e o SEA-US, o FSM está agora à beira de garantir ligações por cabo para todos os seus estados”, afirmou o Secretário do Departamento dos Transportes, Comunicações e Infraestruturas do FSM, Lukner B. Weilbacher. “Com a conclusão deste projeto, os fornecedores de serviços nos FSM vão poder disponibilizar conectividade de banda larga a praticamente toda a população e a preços competitivos. O impacto deste projeto não pode ser subestimado, uma vez que irá fornecer a infraestrutura e os serviços essenciais que serão uma base para o desenvolvimento futuro.”

“A NEC tem a honra de ter sido escolhida como parceira deste importante projeto para a República de Palau e para os Estados Federados da Micronésia, atendendo às necessidades de conectividade mais rápida em todas as nações insulares”, disse Toru Kawauchi, Diretor Geral da Submarine Network Division da NEC Corporation. “Estamos orgulhosos por fornecer estas novas ligações óticas a comunidades que até agora estavam dependentes de comunicações via satélite. Estamos confiantes que estas novas extensões contribuirão para melhorar a qualidade de vida daqueles que vivem e viajam para essas ilhas.”

A NEC está envolvida no negócio de sistemas de cabos submarinos há mais de 40 anos e é atualmente reconhecida como uma das maiores fornecedoras mundiais de cabos submarinos. Incluindo a construção do atual cabo SEA-US, o primeiro cabo trans-Pacífico de 100 Gbps, a NEC colocou já um total de mais de 250.000 quilómetros de cabo – o equivalente a seis viagens ao redor do equador terrestre.
***

Sobre a Belau Submarine Cable Corporation

A BSCC é uma corporação estabelecida em Palau, com o seu escritório principal na P.O. Box 6051, Koror, Palau 96940. A BSCC é uma entidade 100% estatal da República de Palau e da agência para a implementação do projeto de cabo submarino. A BSCC assinou (i) um acordo de direitos de utilização (IRU) com a GTI Corporation (subsidiária integral indireta da Globe Telecom, Inc.) para o fornecimento de um direito de utilização de comprimentos de onda (5 x 100Gbps) e uma Unidade de Ramificação (BU) no tronco principal do subsistema oeste do SEA-US (que liga a Indonésia, as Filipinas e Guam) e (ii) um contrato de fornecimento com a NEC, fornecedora do cabo SEA-US, para um cabo de derivação que liga a BU no subsistema oeste do SEA-US a Palau. A BSCC, como proprietária do cabo e da IRU, fornecerá acesso de banda larga ao sistema de cabo internacional para todos os operadores de telecomunicações nacionais.
Para obter mais informações, visite: http://belaucable.com.

Sobre o Departamento de Transportes, Comunicações e Infra-estruturas dos Estados Federados da Micronésia (DTCI) e a FSM Telecommunications Cable Corporation

O governo dos FSM, com financiamento do Banco Mundial, está a implementar o maior projeto de telecomunicações financiado nos países do Pacífico, que inclui a implementação da liberalização do mercado e reformas regulatórias em conjunto com novos investimentos na prestação de conectividade de banda larga aos estados FSM de Yap, Chuuk e Kosrae. As responsabilidades gerais de implementação do projeto residem no DTCI que tem o seu escritório principal na P.O. Box PS-2, Palikir, Pohnpei, FSM 96941. Para obter mais informações, visite www.ict.fm.

A DTCI assinou (i) um acordo de direitos de utilização (IRU) com a Telkom Indonésia (Telin) para o fornecimento de direitos de utilização de comprimentos de onda (5 x 100Gbps) e uma Unidade de Ramificação (BU) no tronco principal do Subsistema oeste do SEA-US (conectando a Indonésia e as Filipinas E Guam) e (ii) um contrato de fornecimento com a NEC, fornecedora do cabo SEA-US, para um cabo de derivação que liga a BU no subsistema Oeste do SEA-US a Yap, bem como com uma extensão de contrato que inclui um cabo ligando a Ilha Weno do estado de Chuuk à ligação existente do sistema de cabo HANTRU-1 de Pohnpei para Guam.

As responsabilidades de propriedade e implementação dos sistemas de cabos de fibra ótica estão a ser transferidas da DTCI para a recém-criada FSM Telecommunications Cable Corporation (FSMTCC). A FSMTCC, como proprietária dos sistemas de cabos Yap e Chuuk, fornecerá acesso em banda larga aos sistemas de cabos internacionais para todos os operadores de telecomunicações nacionais.
Sobre a NEC Corporation

A NEC Corporation é uma empresa líder na integração de tecnologias de informação e de rede que beneficiam as empresas e as pessoas em todo o mundo. Ao proporcionar uma combinação de produtos e soluções que, em conjunto, utilizam a experiência da empresa e os seus recursos globais, as tecnologias avançadas da NEC vão ao encontro das necessidades complexas e sempre em mudança dos seus clientes. A NEC traz mais de 100 anos de experiência em inovação tecnológica para capacitar as pessoas, as empresas e a sociedade. Para mais informações, visite a NEC em http://www.nec.com .

O Grupo NEC proporciona de forma global Soluções para a Sociedade (“Solutions for Society”) que promovem a segurança, eficiência e igualdade social em todo o mundo. De acordo com a sua assinatura de marca corporativa – «Orquestrando um mundo melhor» – a NEC tem por objetivo contribuir para a resolução de um leque variado de desafios e criar valor social para o mundo de amanhã. Para mais informações, visite
http://www.nec.com/en/global/about/vision/message.html

Artigo anteriorPróximo artigo
é um dos fundadores do TecheNet, juntamente com Jorge Montez.. O design é uma das suas paixões, tendo criado o estúdio Parapluie que desenvolve trabalhos de webdesign e design gráfico para os mercados brasileiro e português.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.