Eaton apresenta o easyE4 para uma implementação flexível e eficiente de tarefas de controlo

Eaton apresenta o easyE4 para uma implementação flexível e eficiente de tarefas de controlo

A Eaton anunciou o lançamento na feira SPS IPC Drives que tem lugar no final deste mês de novembro em Nuremberg, na Alemanha, a próxima geração da sua bem sucedida série de control relés “easy”. Graças à sua versatilidade, o easyE4 é a escolha ideal para qualquer pessoa que deseja implementar tarefas de controlo com o menor esforço possível – de canalizadores em instalações de edificios a engenheiros de automação em aplicações de fabricantes de máquinas. O manuseamento simples e o software intuitivo de programação easySoft 7 possibilitam a implementação de tarefas simples de controlo, bem como configurações mais extensas com alta eficiência de processos. O hardware potente, expansões flexíveis e opções de comunicação abrangentes tornam possível usar os relés de controlo “easy” numa ampla gama de aplicações e mercados. O interface Ethernet integrado, também oferece aos utilizadores acesso à Industrial Internet of Things (IIoT). O easyE4 substitui as séries easy500, easy700 e easy800 existentes.




Para a máxima flexibilidade, cada unidade base easyE4 vem com quatro saídas digitais, quatro entradas analógicas / digitais com resolução de 12 bits e quatro entradas digitais rápidas que podem ser usadas, por exemplo, para implementar contadores de alto desempenho. Todas as entradas também podem ser usadas como entradas de interrupção – um recurso que geralmente é oferecido apenas por controladores mais complexos. Isso significa que uma rotina de interrupção pode ser iniciada para um evento definido no modo contador, tempo ou edge. Em conjunto com o recurso NET, o relé de controlo é, portanto, capaz de atingir tempos de resposta que rivalizam com os de um microcontrolador. Outra novidade do easyE4 é a possibilidade de usar um sinal de rádio DCF77. Isso garante indicação precisa de hora e data para qualquer aplicação. Essas informações também são atualizadas automaticamente, por exemplo, durante a mudança do horário de inverno para o horário de verão.

Com a ajuda de módulos de expansão, cada unidade base pode ser expandida para até 188 I / Os – o que define um novo padrão para controladores compactos. Para facilitar a implementação de uma ampla gama de aplicações, é possível combinar os dispositivos easyE4 mesmo em operação mista AC, DC e UC, e o mesmo acontece para as expansões analógicas e digitais. Os módulos de expansão são conectados na parte frontal através do novo easyConnector, o que torna a instalação e a desmontagem significativamente mais fáceis. Com um total de apenas 14 configurações de unidade base e módulos de expansão, reduzimos o número de versões disponíveis em comparação com a série anterior, ao mesmo tempo em que expandimos o ambito da aplicação. Isso leva a uma redução significativa nos custos de compra e armazenamento.

O cartão micro SD instalado na unidade base abre possibilidades adicionais de aplicação. Atualizações de programas e funções de manutenção podem ser facilmente implementadas. Também é possível predefinir um programa inicial no cartão micro SD, que será executado quando o relé de controlo for ligado. A memória adicional também pode ser usada para registo de dados, o que permite a documentação das condições da máquina durante a operação. Além disso, o cartão micro SD também permite a personalização do relé de controlo: Imagens específicas da empresa podem ser carregadas para que sejam exibidas durante a inicialização.

Através da interface Ethernet integrado, o easyE4 pode ser conectado a qualquer router padrão LAN / WLAN, repetidor ou sistema dLan, que também permite a rede IIoT. As informações fornecidas pelo relé de controlo podem ser exibidas em páginas da Web baseadas em HTML-5 ou usadas para visualização por meio do servidor Web “easy” integrado. Os utilizadores podem criar os seus próprios painéis e aceder ao easyE4 a partir do smartphone, tablet ou pc portátil. Displays de qualquer tipo também podem ser ligados  diretamente via Ethernet, por exemplo, usando o protocolo ModBus TPC. Além disso, até 80 dispositivos easyE4 podem comunicar numa única rede através da interface Ethernet e do recurso de rede NET integrado.

A série easyE4 é projetada para diversas aplicações e mercados e, consequentemente, inclui dispositivos que cobrem várias tensões de alimentação: a versão AC de 85 V AC a 264 V AC e a versão DC para 24 V DC. Uma característica especial é a versão UC (tensão universal): pode ser utilizada com tensões de 12 V DC, 24 V DC ou 24 V AC. Um display opcional está disponível para cada unidade base, que pode ser usado para exibir textos, valores e parâmetros, bem como quaisquer elementos gráficos. O display também pode ser personalizada por meio do software easySoft 7

O easySoft 7 é intuitivo para operar, de modo que a programação do easyE4 não representa nenhum desafio. Os utilizadores podem escolher entre quatro linguagens de programação. O diagrama de circuito pode ser criado usando blocos de funções, diagramas de escada, a linguagem de programação “easy” da Eaton ou por meio de texto estruturado (ST). ST é comum ser usado em automação e inclui recursos adicionais para aplicações mais complexas. O easySoft 7 vem com uma série de novos blocos de funções úteis, como registo de dados, min / max, um módulo de alarme, um controlador de três etapas ou alertas por e-mail. Isso expande significativamente o âmbito de aplicação do easyE4. Além disso, os utilizadores também podem criar seus próprios blocos de funções. Os programas existentes de dispositivos Easy anteriores (isto é, easy das séries 500, 700 e 800) podem ser simplesmente transferidos para o easySoft 7.

Artigo anteriorPróximo artigo
Avatar
é admirador de Steve Jobs e Elon Musk. Apaixonado por novas tecnologias, especialmente ligadas à secção de negócios empresariais e de Gadgets, acompanha de perto todas as novidade do mundo das TI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.