Controle ocular: a utilização de games poderá ser feita ‘num piscar de os olhos’


O setor tecnológico tem vivenciado uma revolução constante, resultando em novidades que chegam ao mercado todos os dias. Entre muitas das tecnologias que vêm sendo criadas, uma atrai atenção especial – tanto dos técnicos e pesquisadores, quanto do consumidor final: o controle ocular. Dentro de alguns meses, chega ao mercado um equipamento que permitirá o comando de outros aparelhos com os olhos, o que deverá incluir a utilização de games.

O EyeX, aparelho que já nasce como concorrente direto do Google Glass, já se encontra disponível para pré-venda por US$ 195 (o equivalente a cerca de 140,00€ ou R$ 460,00), um valor muito mais acessível do que o apresentado pela gigante Google, que cobra US$ 1500 por um equipamento equivalente. Desenvolvido pela SteelSeries com tecnologia da empresa Tobbi, o gadget promete trazer mais imersão aos jogadores em títulos como “Call of Duty” e “Battlefield“. Do ponto de vista prático, “bastará olhar para um inimigo para mirar nele e, então, piscar para disparar”.

O controle ocular poderá ser útil também em jogos desportivos como FIFA e PES. Por exemplo: o gamer, ao olhar para um outro jogador em campo, estará indicando que pretende passar a bola para ele.

Uma coisa é certa: seja para fotografar, ouvir música ou jogar, aqueles que estão ansiosos para experimentar a tecnologia dos óculos inteligentes já têm um opção de baixo custo. É esperar para ver!

Fonte: PureBreak

Artigo anteriorPróximo artigo
Cláudia Assis
Jornalista, Assessora de Comunicação e Gestora de Marcas nas redes sociais, Cláudia Assis tenta definir a si mesma como "uma menina multitask". Aquariana [logo vanguardista!] e nômade por natureza, viu a sua vida ser conduzida numa viagem transatlântica rumo a Portugal. O objetivo inicial era um mestrado em Ciências da Comunicação mas, desde então, vive num enamoramento constante com a terra de Pessoa. E, assim como o poeta, ela é também muitas "pessoas". CAssis é uma delas [talvez a mais intensa] e que nada mais é que uma versão 2.0 de si mesma, um alter-ego nas redes sociais. O que “ambas” têm em comum? Falam muito. Sobre tudo e todos. Têm sempre uma opinião a dar.

1 Comentário

  1. Um gadget interessante, mas dizer que é concorrente dos google glass é um exagero:) De qualquer maneira gostei do artigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.