Orkut: até o fim do ano, a rede social será retirada do ar!

(foto: CAssisBR | facebook.com/aMeninaDigital)

Considerada a maior rede social do mundo até 2011, o Orkut tem os dias contados: já a partir desta segunda (30), novos perfis não poderão ser criados e antigos utilizadores terão um período para poder exportar seus dados (como fotografias e scraps). Além disso, uma ferramenta permitirá transformar o velho perfil do Orkut numa página do Google+.

O processo de desligamento deverá ser concluído até o final deste ano, com a extinção completa do serviço. Segundo Orkut Büyükkökten, criador do site, a partir de 31 de dezembro, nem mesmo o endereço “orkut.com” deverá ser mantido, já que o engenheiro turco criador da rede desligou-se do Google há quatro meses e pretende manter controle sobre o domínio.

No processo migratório de uma plataforma para outra, as comunidades que sempre foram um forte atrativo no Orkut terão tratamento diferenciado. Ao que se indica, pelo menos parte delas não será apagada, permanecendo disponíveis de forma estática, como uma espécie de museu do serviço.

Relativamente a páginas de comunidades e perfis de utilizadores suspeitos de envolvimento em crimes e com investigação em curso (como pornografia infantil, por exemplo), os dados serão preservados também até o final do ano.

14178947
(Infográfico: Folha de S. Paulo)

Via Folha de S.Paulo

Artigo anteriorPróximo artigo
Cláudia Assis
Jornalista, Assessora de Comunicação e Gestora de Marcas nas redes sociais, Cláudia Assis tenta definir a si mesma como "uma menina multitask". Aquariana [logo vanguardista!] e nômade por natureza, viu a sua vida ser conduzida numa viagem transatlântica rumo a Portugal. O objetivo inicial era um mestrado em Ciências da Comunicação mas, desde então, vive num enamoramento constante com a terra de Pessoa. E, assim como o poeta, ela é também muitas "pessoas". CAssis é uma delas [talvez a mais intensa] e que nada mais é que uma versão 2.0 de si mesma, um alter-ego nas redes sociais. O que “ambas” têm em comum? Falam muito. Sobre tudo e todos. Têm sempre uma opinião a dar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.