WhatsApp adia chamadas de voz para 2015





WhatsApp, serviço de mensagens instantâneas adquirido pelo Facebook no início do ano, prorrogou a incorporação das tão aguardadas chamadas de voz para o próximo ano. Ainda fevereiro deste ano, Jan Koum, um dos fundadores e CEO da aplicação, teria prometido que esta atualização aconteceria até junho de 2014.

Entretanto, de acordo com Koum, este processo é difícil, sendo necessário solucionar questões técnicas relacionadas à funcionalidade, visto que a app não possui, até agora, o acesso aos microfones de todos os modelos de dispositivos móveis, o que contribui para ruídos nas chamadas.

Outro obstáculo a ultrapassar é necessidade de encontrar uma maneira para que o serviço funcione em áreas onde a cobertura de dados é ruim – afinal, milhares de utilizadores ainda dependem de internet 2G.

Para quem não tem paciência para esperar a inclusão do recurso, existem soluções alternativas prontas para serem experimentas: Skype, FaceTime, Viber, WeChat e Google Hangouts são algumas das apps mais que oferecem atualmente o serviço de chamadas de voz.

Via Fierce Wireless

Artigo anteriorPróximo artigo
Cláudia Assis
Jornalista, Assessora de Comunicação e Gestora de Marcas nas redes sociais, Cláudia Assis tenta definir a si mesma como "uma menina multitask". Aquariana [logo vanguardista!] e nômade por natureza, viu a sua vida ser conduzida numa viagem transatlântica rumo a Portugal. O objetivo inicial era um mestrado em Ciências da Comunicação mas, desde então, vive num enamoramento constante com a terra de Pessoa. E, assim como o poeta, ela é também muitas "pessoas". CAssis é uma delas [talvez a mais intensa] e que nada mais é que uma versão 2.0 de si mesma, um alter-ego nas redes sociais. O que “ambas” têm em comum? Falam muito. Sobre tudo e todos. Têm sempre uma opinião a dar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.