Carro autónomo da Google na estrada este verão

Google carro sem condutor

O carro autónomo da Google pode chegar à estrada mais cedo do que acreditava. Segundo o Blog do diretor do Projeto, Chris Urmson, algumas das viaturas irão iniciar o seu período de prova na estrada dentro dos próximos meses.

Este carro, um sucessor do Lexus RX450h, o primeiro modelo de carro autónomo, manterá o mesmo software. O veículo será testado apenas nas imediações de Mountain View, nos EUA, e, por razões de segurança, a sua velocidade máxima não excederá os 40 quilómetros por hora.

Na mesma linha, todos os testes realizados serão supervisionados por um condutor, que tem a possibilidade de usar o volante, o acelerador e os travões. Isso quebra um pouco a atratividade da autonomia, mas o diretor do projeto destaca, no blog, que ambos os pedais e o volante são acessórios que poderão ser removidos.

Urmson, acrescentou no seu blog, estar a tentar “aprender o modo como a comunidade recebe e interage com o veículo, para enfrentar os desafios do primeiro carro completamente autónomo”

Entre esses desafios, destaca-se a dificuldade de o carro parar num ponto preciso da estrada, se existirem obras ou engarrafamentos. Ainda assim, Urmson afirma que o carro é muito versátil e que os testes irão permitir conhecerem mais sobre como as pessoas usam o carro eléctrico.

Recentemente ficamos a saber que o carro Google esteve envolvido em 11 acidentes. Como esperado, com a chegada à estrada do protótipo – com as suas novas medidas de segurança – o número de acidentes com este veículo serão reduzidos.

Fonte: Google | Official Blog

Artigo anteriorPróximo artigo
Paula Pedro Martins
Jornalista, colaboradora em várias publicações, nomeadamente, as revistas “Pais & Filhos” e “Bebé d’Hoje”. Dedica-se também ao guionismo na área do entretenimento televisivo e à escrita para crianças. Foi coordenadora e editora em portais de referência. E é apaixonada por música, cinema e viagens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.