E-books: Amazon investigada pela UE

Amazon investigada pela UE




A Amazon está sob o olhar vigilante da União Europeia. A Comissão Europeia abriu esta semana uma investigação formal sobre a legalidade do negócio de e-books.
A investigação aumenta a pressão sobre esta loja online, já que decorre, atualmente, um processo sobre os baixos impostos que paga no Luxemburgo.

Em comunicado difundido pela imprensa, a Comissão disse que vai analisar em particular certas cláusulas nos contratos da Amazon com as editoras. As cláusulas, segundo a Comissão, exigem que as editoras informem a Amazon sobre os termos alternativos ou mais favoráveis oferecidos aos seus concorrentes, uma maneira de assegurar que a Amazon pratique termos, pelo menos, tão bons quanto os seus concorrentes.

A Comissão disse ainda que tudo isso pode violar as leis da UE que proíbem abusos de posição dominante no mercado e práticas de negócios restritivas.
A Amazon, no entanto, disse estar confiante de que os seus acordos com as editoras são legais e têm em conta os melhores interesses dos leitores.

Artigo anteriorPróximo artigo
Paula Pedro Martins
Jornalista, colaboradora em várias publicações, nomeadamente, as revistas “Pais & Filhos” e “Bebé d’Hoje”. Dedica-se também ao guionismo na área do entretenimento televisivo e à escrita para crianças. Foi coordenadora e editora em portais de referência. E é apaixonada por música, cinema e viagens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.