WhatsApp reforça a sua segurança com nova funcionalidade

WhatsApp - TecheNet

Com todos os problemas de segurança e fake news com que se tem deparado, o WhatsApp está 100% empenhado em voltar a restabelecer a segurança e confiança da sua plataforma de mensagens. O mais recente ataque da empresa será à circulação de spam na sua plataforma.

– Apple Music sai na frente do Spotify pela primeira vez –

Segundo as mais recentes informações esta nova funcionalidade – Suspicious Link Detection – já se encontra em fase de testes, ajudando na deteção de links suspeitos dentro das mensagens do WhatsApp. Actualmente esta funcionalidade está integrada na versão beta do WhatsApp para Android (v. 2.18.204), não estando ainda preparada para ser disponibilizada para os utilizadores a nível global.

O Facebook tem tentado vários tipos de abordagem no que respeita à extinção de spamfake news na plataforma de mensagens, que actualmente apresenta mais de 1,5 mil milhões de utilizadores activos diariamente. Actualmente as fake news têm-se revelado devastadoras em alguns países em desenvolvimento, resultando em grandes conflitos sociais que poderiam ser facilmente evitados caso se encontra-se uma solução eficaz para evitar o espalhar deste tipo de informação.

Esta nova funcionalidade, Suspicious Link Detection, faz uma análise automática dos links enviados através do WhatsApp, identificando se o link em questão está a redirecionar o utilizador para um site de notícias falas ou que possa ser perigoso. Caso detecte um link suspeito, a aplicação marca esse link imediatamente apresentando uma etiqueta vermelha que alerta o utilizador para os potenciais perigos desse URL.




Para além de apresentar a etiqueta de aviso, o WhatsApp vai ainda apresentar um segundo aviso caso o utilizador tente abrir o URL que foi analisado. Nesta segunda mensagem vai oferecer informações mais detalhadas, como por exemplo caso o site parece estar a tentar “clonar” outro site popular de forma a enganar os visitantes. Um ponto importante desta nova funcionalidade é que todo o processo de análise dos links é feito de forma local, não enviando qualquer informação para os servidores da plataforma, mantendo assim segura a privacidade dos utilizadores.

As mais recentes notícias sobre o nefasto efeito deste tipo de notícias falsas chegou-nos da Índia, que levaram ao linchamento de vários inocentes. Até mesmo elementos do governo pediram oficialmente ao WhatsApp para tomar acções que possam de forma efectiva eliminar as fake news da sua plataforma.

fonte | via

Smartphones & Gadgets | Descontos em cupão que não vais querer perder!

Artigo anteriorPróximo artigo
frequentou a licenciatura de Desporto em Setúbal e actualmente reside em Londres. Apaixonado por novas tecnologias e fã do "pequeno" Android desde 2009. Fundador e autor do blog Androidblog.pt, criado em 2012.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.