Apple patenteia sistema que impede envio de SMS durante a condução

Apple acaba de patentear um sistema de segurança que visa impedir que os condutores utilizem algumas funcionalidades dos seus dispositivos móveis enquanto estão ao volante. Este novo sistema funcionará com base na conectividade GPS e outras tecnologias como sensores, acelerômetro ou, ainda, a câmera do gadget para perceber se é o conduto quem está utilizando o equipamento no período em que o veículo se desloca.

Deste modo, algumas funções no equipamento poderão ser automaticamente bloqueadas, o que incluei o envio e leitura de mensagens – operação que, segundo estudos, é cada vez mais frequente ao volante, tendo um impacto significativo na taxa de acidentes, ano após ano.

Estudo britânico aponta que três em cada 10 condutores admitem enviar SMSs enquanto conduzem.

De acordo com números de estudo britânico citado pelo The Guardian, o envio de mensagens durante a condução reduz em 35% o tempo de reação dos condutores e multiplica a possibilidade de acidente por 23.

Embora apenas agora a notícia tenha sido divulgada, a patente em questão foi submetida pela Apple ainda em 2008. Admite-se que a empresa possa estar trabalhando na tecnologia para integrar com o serviço CarPlay, lançado no ano passado.

 Fonte: Sapo Notícias

LEIA TAMBÉM:

Apple celebra o Dia da Terra com vídeo para divulgar suas iniciativas “verdes”
WWDC 2014: Apple anuncia evento para 2 e 6 de junho
Apple e Samsung entram hoje em nova guerra de patentes

Artigo anteriorPróximo artigo
Cláudia Assis
Jornalista, Assessora de Comunicação e Gestora de Marcas nas redes sociais, Cláudia Assis tenta definir a si mesma como "uma menina multitask". Aquariana [logo vanguardista!] e nômade por natureza, viu a sua vida ser conduzida numa viagem transatlântica rumo a Portugal. O objetivo inicial era um mestrado em Ciências da Comunicação mas, desde então, vive num enamoramento constante com a terra de Pessoa. E, assim como o poeta, ela é também muitas "pessoas". CAssis é uma delas [talvez a mais intensa] e que nada mais é que uma versão 2.0 de si mesma, um alter-ego nas redes sociais. O que “ambas” têm em comum? Falam muito. Sobre tudo e todos. Têm sempre uma opinião a dar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.